É uma nova categoria de ficção, tentando pegar a fatia mais lucrativa das pessoas que consomem livros (e filmes, e séries).

O primeiro contato que tive com ‘New Adult’, na verdade, foi quando a HBO anunciou a série Girls. Pelo que pesquisei, o gênero New Adult surgiu em 2009 e surgiu para categorizar livros young adult com personagens mais velhos. Ou seja, todo a história emotiva que livros com histórias mais interessantes que malhação possuem, mas com personagens já na faculdade ou procurando seu primeiro trabalho. E com cenas mais sapeconas.

Você consegue identificar new adult também pelas capas, quase sempre com casais ou partes dos corpos que mostram se este livro é focado muito ou pouco em cenas calientes:

Um exemplo (terrível, na minha opinião, mas é como os gêneros se diferem na minha cabeça) é pensar na série do Crepúsculo e na do 50 tons de Cinza: o primeiro é young adult e o segundo, new adult. Não sei se estou falando besteira, mesmo porque a supra sumo do New Adult pelo que pude ver é Tamara Webber, por enquanto, com esta série ‘Easy’, que vou ter que ler de tanto que falam bem e fazem resenhas falando como foram surpreendidas por um livro deste gênero.

Outra autora que falam bastante é a Sylvia Day, que seria a pessoa que traz livros para as saudosas leitoras do gênero Chick Lit, que tem os livros de Marian Keyes (que escreveu Melancia e mais 4055498 livros onde as protagonistas são todas iguais – o que se torna chato e irritante), autoras de Bridget Jones e Becky Bloom, assim como de Sex and The City e Gossip Girl. Eu gosto muito de Sex and the city e adorei Diabo veste Prada, mas como esse título “Toda Sua” de Sylvia Day não me atrai nenhum pouco, então sem livro dela para 2014. Mas já tenho algumas opções para manter minha meta fluindo durante o ano que vem.

E você, o que acha do gênero? Tem algum livro New Adult ou Young Adult para indicar? 

Anúncios