IMG_20140215_110127

 

 

Avaliação: 3 de 5.

Qual é a solução para os preguiçosos que querem ler livros densos? Esta coleção de Mangás de livros como Manifesto Comunista, assim Falou Zaratustra etc. Solução em partes, pois agora eu quero ler o livro original do Nietzsche (que já tentei algumas vezes quando era mais nova, mas perdia o foco muito fácil, mesmo com a filosofia de Sócrates e afins na cabeça e algumas considerações que eu acabara de formar sobre ciência e metafísica), pois eu sei que é muito mais rico de informações do que este mangá rápido. Mas ele é interessante.

Aqui vemos a história de Zaratustra, o conceito de Super-Homem, como ele anuncia que Deus está morto e porque chegou a toda esta conclusão.

É estranho ver o Zaratustra versão mangá japonês e as onomatopeias dos personagens em ideograma (com tradução abaixo do quadrinho como *He he he *PLAC *Shhh). Entretanto, é uma forma de aproximar um livro pesado e com afirmações controversas de quem gosta desta categoria de quadrinhos.

Ao contrário do livro, que é dividido em quatro partes (na época que Nietzsche escreveu eram na verdade quatro volumes separados), o Mangá se divide em três curtas. Mas dentro delas, temos a densidade do discurso de Zaratustra, onde conhecemos o eterno retorno (na verdade no mangá está um pouco diferente do conceito que o autor tentava nos trazer), o conceito do super-homem e como o autor acreditava na proximidade do ser humano com o macaco. É uma leitura fácil e rápida, vale a pena para quem não tem interesse de ler o livro, mas gostaria de ter uma noção do que esta obra pode lhe trazer.

 

Anúncios