“Quanto mais tempo elas passam aqui, mais associam realidade com tédio e ficção com emoção. (…) A vida comum pode ser extraordinária”.

http://www.youtube.com/watch?v=6NfbfSIsRWU Demorei para vir aqui escrever sobre o livro, por ser de uma pessoa super especial. Sabe quando a gente se depara nos filmes com as pessoas que não conseguem escrever discursos para casamento de alguém especial? Sou eu querendo falar deste primeiro livro da Gleice Couto. Mas, vamos lá: A história é da Letícia, uma menina que mora apenas com a mãe, pois o pai sumiu recentemente. Ela estuda em um colégio de gêniozinhos, e odeia todo mundo. Bem rebeldinha mesmo a menina, de ficar planejando trolagens com professores e alunos. Ou seja, ela é figurinha carimbada na diretoria. Numa dessas, um dos alunos que nunca falou com ela, vem com um papo estranho de que o desaparecimento do seu irmão dele (Felipe) e do pai dela (Paul), podem estar conectados e tem a ver com um mundo paralelo (ah tá, alguém interna o menino agora, você pensaria na vida real). E o mundo paralelo é o Picta Mundi, em quadros que retratam o Brasil na época do Império. Eu queria fazer uma mega resenha linda, maravilhosa, mas a simplicidade é tudo. Coisas que amei: . Você realmente se sente parte da história enquanto lê. As descrições de cenas de época, dos índios mostram que tudo foi bem pesquisado para se passar da forma mais próxima da história possível. . O Felipe é aquele mocinho que você quer pra você. Inteligente até demais, consequentemente aparenta ser metido e um pouco arrogante, mas ele consegue te conquistar (apesar de algumas coisas) e conquistar a Letícia, que é uma menina bem difícil, hein?! Revoltada com várias coisas, sempre tem uma reposta na ponta da língua para rebater tudo. . É um Young Adult e te prende do começo ao fim. Eu li muito rápido (mesmo tendo demorado uns 2 meses para escrever aqui) e em nenhum momento eu tive vontade de pular parágrafos de descrições ou de ações (o que acontece muito comigo com Young Adults). . A forma que a Glei escreve. Desde que a conheci por meio de fan fictions, sempre gostei muito das descrições das ações ou as palavras usadas para fazer com que você consiga materializar na sua cabeça o que está acontecendo. Ainda mais as cenas mais românticas, são ótimas. . Tem cenas de ação, romance, traição, mágoas, conversas sérias, tensão e tudo digno de um livro de fantasia. Não tem do que reclamar. Recomendo, então chega aqui e compra a sua versão digital: http://www.livrariacultura.com.br/p/picta-mundi-86297021

Anúncios