#018 – Cilada – Harlan Coben

Às vezes... ou quase sempre... não existe um porquê. Avaliação: 3 de 5. Olha, fazia tempo que queria ler algo do Harlan Coben, de tanto que falam. E vi postagens loucas da Editora Arqueiro no facebook divulgando fotos de fãs do autor. Ele escreve romances policiais americanos, ganhou vários prêmios e tudo mais. Por isso, … Continuar a ler #018 – Cilada – Harlan Coben

Anúncios

#016 – O livro de Areia – Jorge Luis Borges

Avaliação: 3,5 de 5. Jorge Luis Borges escreveu este livro de contos no final da sua vida. Escreveu não, ditou, pois estava quase cego. Não li ainda Ficções, que é a obra-prima do autor argentino, mas já ganhou o meu respeito em saber que, mesmo não podendo mais escrever, ele deu um jeito e o fez mesmo … Continuar a ler #016 – O livro de Areia – Jorge Luis Borges

#015 – A desconstrução de Mara Dyer – Michelle Hodkin

- Você é mal - declarei. - E você é minha. Avaliação: 5 de 5. A Desconstrução de Mara Dyer é o primeiro livro de Michelle Hodkin e de sua trilogia. É um thriller young adult, talvez? Não sei. Só sei que a narrativa me surpreendeu. A sinopse nos conta que Mara Dyer vai brincar com uma tábua … Continuar a ler #015 – A desconstrução de Mara Dyer – Michelle Hodkin

#013 – Assim Falou Zaratustra (F. Nietzsche)

    Avaliação: 3 de 5. Qual é a solução para os preguiçosos que querem ler livros densos? Esta coleção de Mangás de livros como Manifesto Comunista, assim Falou Zaratustra etc. Solução em partes, pois agora eu quero ler o livro original do Nietzsche (que já tentei algumas vezes quando era mais nova, mas perdia … Continuar a ler #013 – Assim Falou Zaratustra (F. Nietzsche)

[+18] 50 tons de cinza, Anaïs Nin, Literatura Moderna Erótica

Cinquenta Tons de Cinza e A História de O Você é fã de Cinquenta Tons de Cinza? Achou toda a escrita da autora de fan fiction caliente e totalmente ousada? Bom, não te julgo, mas preciso de contar uma coisa: aquilo não é sadomasoquismo ou uma narrativa bem escrita. E não me venha falar que … Continuar a ler [+18] 50 tons de cinza, Anaïs Nin, Literatura Moderna Erótica

#012 – Um grito de amor do centro do mundo (Kyoichi Katayama)

  Choro porque ao deixar o sonho agradável e retornar para a realidade triste, existe uma fenda pela qual não há como passar sem derramar lágrimas. Avaliação: 4 de 5. É o primeiro autor nipônico que me aventuro a ler (deveria ser o Murakami, mas vi a resenha da Gleice Couto em seu site Murmúrios … Continuar a ler #012 – Um grito de amor do centro do mundo (Kyoichi Katayama)

#011 – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band: Um ano na vida dos Beatles e Amigos – Clinton Heylin

Eu poderia fazer esta resenha em junho, que é o aniversário de lançamento do álbum do Sgt. Peppers, mas como eu estou ensaiando para ler a biografia de muuuuuuuuuuuuuuitas páginas da banda, resolvi incluir este livro que conta só um ano na vida da banda (e de seus comparsas da época, aqueles do tipo Velvet … Continuar a ler #011 – Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band: Um ano na vida dos Beatles e Amigos – Clinton Heylin